Construction Days


O PMI-PE propõem o dia de desenvolvimento profissional Construction Days para uma reflexão sobre esse importante tema, sob a ótica da gestão de projetos na indústria da construção de ativos de infraestrutura, com o tema: Desafios da construção no ambiente físico regional na moldagem da 4ª Revolução industrial (Integração do ambiente; modificação do ser humano; reforma do mundo físico; tecnologias extensíveis).

Datas:  10 e 11 de Novembro
Horários: 19:00hs às 22:00hs
Palestra: O poder da comunicação em projetos governamentais – Case: A construção do novo Aeroporto de Vitória - ES

Resumo:
O Aeroporto de Vitória - ES atravessou um período de mais de 10 anos com suas obras paralisadas. Considerado em 2017 o segundo pior aeroporto do país, esse case nacional conta a transformação de um projeto fracassado em um resultado de sucesso que o elevou ao patamar de melhor Aeroporto do país em 2019. Nesse contexto, Giuliano Capucho conta as ações estratégicas e a importância do apoio da sociedade no sucesso de projetos governamentais.



Giuliano Capucho
Engenheiro, especialista em gestão de projetos pela FGV e Controle de Tráfego Aéreo pelo Comando da Aeronáutica, atua a 20 anos no setor, tendo ocupado as funções de Coordenador e Gerente de Engenharia nos Aeroportos de Vitória-ES, Macaé-RJ e Congonhas-SP. Atualmente ocupa a função de Superintendente Nacional de Engenharia na INFRAERO.


Palestra: Governança, tecnologia e inovação 4.0 no canteiro de obras com SGPAR

Resumo:
Construção 4.0, processos transformadores, governança e tecnologias diruptivas contribuem para o aumento de produtividade e redução de custo em áreas críticas como planejamento e qualidade da obra.
Esta apresentação vai, dentro desse contexto, posicionar novas tecnologias como Realidade Aumentada, Realidade Mista, computação móvel e nuvem juntamente com o BIM e o Lean Construction mostrar, com caso de uso e depoimentos, como a SGP+ trouxe de forma simples essa união de processos e tecnologia para o canteiro trazendo ganhos de tempo, qualidade e recursos.



Pedro Lima
Fundador e diretor da SGP+, tem mais de 15 anos implementando PMOs, metodologias e ferramentas para gestão de Projetos em diferentes indústrias.
Mestrado em Gerenciamento de Megaprojetos pela Universidade de Oxford, Inglaterra, ele é Certificado em BIM Project Management pelo RICS (Royal Institution of Chartered Surveyors), Inglaterra.
Certificado PMP, tem Pós-graduação em administração de negócios pela Universidade da Califórnia em Berkeley Ex nos estados unidos e é Engenheiro Químico de profissão.


Palestra: Gestão de Projetos Estratégicos e Empreendimentos de Expansão no Metrô de São Paulo

Resumo:
O Metrô de São Paulo tem, historicamente, obtido sucesso na construção de uma das mais importantes redes de transporte urbano do Brasil.
Para atender ao crescimento da demanda por transportes públicos de qualidade, as metas de expansão da rede metroviária têm se tornado cada vez mais desafiadoras.
Em função desse objetivo, o Metrô vem vivendo nos últimos anos a implantação simultânea de linhas. Esse ritmo de expansão, somado à complexidade da implantação de uma linha de metrô, tornam a gestão dos empreendimentos uma questão crítica, o que nos obriga a considerar alternativas gerenciais que aumentem as chances de sucesso.
A institucionalização da gestão de projetos, como disciplina útil aos Gerentes dos projetos e suas equipes, visa levar o setor público a um patamar mais elevado de maturidade em gestão, subsidiando de forma consistente as tomadas de decisão, facilitando a comunicação, favorecendo o comportamento proativo na gestão de escopo, cronograma, custos e, principalmente, riscos, além de proporcionar que a implantação dos projetos seja realizada com maior previsibilidade.
Nesse contexto, o objetivo de compartilhar esta boa prática é de apresentar um conjunto estruturado e organizado de processos, técnicas e ferramentas de gestão de projetos, elaborado em consonância com as recomendações do PMI, e compatível com um Ciclo de Vida definido para empreendimentos complexos de infraestrutura implementados pelo Metrô, podendo estas serem aplicadas total ou parcialmente a outros projetos, conforme sua categoria e criticidade.



Priscilla Saldanha
Possui graduações em Tecnologia da Construção Civil e em Engenharia Civil. Especialização em Gestão de Negócios pela Fundação Dom Cabral. Certificada como Project Management Professional (PMP) pelo PMI e Management 3.0 (Fundamentals Online Workshop). Atua no PMO Corporativo do Metrô-SP como gestora do departamento de Metodologias e Ferramentas de Gestão.


Palestra: Capacidade de gestão de projetos e competitividade da construção naval, qual a relação?

Resumo:

A palestra trata dos principais problemas de gestão de projetos identificados na construção naval, articulando a temática das boas práticas de gestão de projetos. Identificando as falhas e seus desdobramentos para construção naval. A indústria naval é sempre um rico ambiente de análise pois cada produto produzido corresponde a um novo projeto a ser desenvolvido.





Maria de Lara Moutta Calado de Oliveira

Possui graduação em Engenharia Mecânica pela Universidade de Pernambuco (1995), Mestrado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Pernambuco (1999) e Doutorado em Administração (2016) pela mesma universidade. Desenvolveu também sua qualificação acadêmica de forma complementar com os cursos de pós-graduação em qualidade e produtividade (1997), Psicopedagogia Institucional (2007), MBA em Gerenciamento de Projetos (2017) e MBA em Gestão da Cadeia de Suprimentos (2018).  Servidora pública concursada do Ministério da economia, desenvolve atividades de análise de projetos, acompanhamento de obras e liberação de recursos, especificamente no Departamento de Parcerias e Fomento no Ministérios da Infraestrutura. É docente a mais de 22 anos, e leciona atualmente na pós-graduação da Universidade de Pernambuco, IPOG e UNINASSAU. Atua também como docente nos cursos de Engenharia e Administração da UNINASSAU e na ENAP (escola de Administração Pública). Apaixonada pela docência, atua como avaliadora do MEC, no credenciamento e Recredenciamento de Instituições de ensino Superior.  Como pesquisadora, dedica suas pesquisas nas áreas de Capacidade e gerenciamento em projetos, Qualidade e Produtividade, Gestão de Operações, tendo realizado diversas publicações em livros, capítulos de livros, periódicos, congressos nacionais e internacionais.



Palestra: A importância da inovação e métodos ágeis em uma empresa de 63 anos

Resumo:

A indústria da construção é conhecida por ser extremamente tradicional e pouco inovadora.
Este webinar mostra como uma empresa de 63 anos de mercado que atua com Infraestrutura em obras por todo Brasil, buscou reinventar-se nos últimos anos através de inovações incrementais (H1), substanciais (H2) e disruptivas (H3) aliando estratégia e métodos ágeis para apuração de resultados rápidos e mudança de mindset de toda companhia.





Ricardo William

Líder de inovação da Construtora Barbosa Mello e Presidente do Comitê de Transformação Digital da AMCHAM. Membro do Comitê de Avaliação de startups do FIEMGLab; Orientador e apoiador do programa Launch – RajaValley;
Jurado da AMCHAM Arena, do Investidor Day - Construtech Innovation e do programa de inovação do Centro Universitário UNA;
Possui formação em Engenharia de Produção, especialista em Construção Civil e Engenharia de Segurança do trabalho.



Palestra: Lean Design – Revolucionando a engenharia e arquitetura


Resumo:

Que a técnicas ágeis e lean influenciaram, influenciam e influenciarão diversas áreas produtivas, isso não é novidade.
O entendimento das premissas básicas do lean, possibilita a sua aplicação de maneira muito mais eficaz e produzindo resultados muito mais significativos em termos de redução de prazo e custo.
Nessa palestra apresentaremos um método de implementação do lean nas organizações, com apresentação de um caso real de um escritório de arquitetura, que está aplicando as técnicas lean, chamadas de lean design, reduzindo em até 40% o tempo total de desenvolvimento de seus projetos e aumentando a qualidade dos seus produtos.




Heron Fábio Santos

Eng. Civil com pós-graduação em Gerenciamento de Projetos e mestrando em Arquitetura e Urbanismo pela UFPE. Atuou por mais de 10 anos na área de TI e nos últimos 20 anos tem se dedicado ao Gerenciamento de Projetos para engenharia e arquitetura. Possui certificações pelo PMI (Project Management Professional - PMP e Gerenciamento de Cronogramas - PMI-SP) e também é reconhecido pela Microsoft como especialista em gerenciamento de projetos com o MS-Project.



Painel de discussão com o tema: Desafios da construção no ambiente físico regional na moldagem da 4ª Revolução industrial (Integração do ambiente; modificação do ser humano; reforma do mundo físico; tecnologias extensíveis).

Mediadores do Painel



Cristiana Freire

Bacharel em Engenharia Mecânica pela Escola Politécnica da Universidade de Pernambuco (UPE) e com passagens pelas mais variadas indústrias do ramo, da construção de gasodutos até a construção de plantas termoelétricas, sem deixar a indústria naval e automotiva. É PMP®️ e voluntária pernambucana, defensora das boas ideias compartilhadas pelo PMIPE e sempre dividindo experiências. Voluntária do PMI-PE, atual diretora de alianças e parcerias do capítulo.




Diogo Zarzar

Engenheiro Civil pela Universidade federal de Pernambuco, possui MBA em gerenciamento de projetos pela Fundação Getúlio Vargas e certificações PMP pelo PMI e Leads, Connected Lighting for Energy Efficient Solutions, (The American Institute of Architects - AIA, USA). Atualmente trabalha na empresa Azul linhas aéreas como Coordenador de infraestrutura Norte e Nordeste, gerenciando vários projetos em cidades distintas. Possui vasta experiência em obras no Brasil, Chile, Uruguai, Argentina e Bolívia. Trabalhou em obras de Refinarias, Subestações, Hospitais, Saneamento, Pavimentação, Terminais de Cargas, Hangares, Aeroportos, Recuperação estrutural e no desenvolvimento de laudos técnicos. Desde de 2018 como Voluntário do PMIPE.





Data de publicação: 24 de setembro de 2021