Webinars

Webinars

O Webinar é uma conferência onde o palestrante explana seu tema via web. Os participantes poderão se inscrever e participar de qualquer lugar via rede banda larga ou 3G, além de elaborar questionamentos ao palestrante.

Para participar de novos eventos ou assistir a webinars anteriormente apresentados, é necessário ser filiado e estar logado no site. 

Práticas de GP para reduzir desperdícios e custos em obras de Engenharia e Construção 

Posted on May 10st, 2017

Palestrante: Rogério Severo

Realizado em: 10 de Maio de 2017 sobre o tema: Práticas de GP para reduzir desperdícios e custos em obras de Engenharia e Construção

Resumo da Oficina:

O webinar tem por objetivo apresentar como o uso de boas práticas de gerenciamento de projetos e de engenharia de custos podem ser utilizados para reduzir os custos em obras, melhorando a performance e os resultados financeiros em contratos e empresas de engenharia e em projetos de construção. Abordará lições aprendidas e práticas ágeis recomendadas pelos profissionais da área apresentadas na Norma de Extensão de Construção do PMI, Lean Thinking e metodologia ágil de Lean Construction.

Mini Currículo:

Engenheiro, palestrante e consultor com vivência internacional, especialista com larga experiência em obras nos setores público e privado, nas áreas de custos, orçamentos, planejamento, monitoramento e gerenciamento da construção de empreendimentos. Domínio pleno das metodologias de Gerenciamento de Projetos, de Processos, Lean Manufacturing e Lean Office para controle de empreendimentos e equipes de engenharia em obras complexas. Possui certificação PMP de Gestão de Projetos e certificação CRK com Notório Saber em Engenharia de Custos, é voluntário do PMI-RS e é voluntário para tradução do PMBOK para o português, bem como da equipe de especialistas da Extensão de Construção do PMBOK. Sócio diretor da Technique Engenharia, atua há mais de vinte anos nos segmento de óleo & gás, energia, mobilidade urbana, infraestrutura, saneamento e construção imobiliária. A Technique vem trabalhando em diferentes modalidades contratuais do Mercado Privado, tais como EPC (Engineering, Procurement and Construction), Lump Sum, Turn-key, Contratos de Aliança, Sucess-Fee e Registro de Preços bem como, nas ligadas as Obras Públicas (Empreitada Global, Empreitada de Preços Unitários, Empreitada Integral e Integrada) e o RDC (Regime Diferenciado de Contratação).

Perguntas e Respostas:

Abaixo segue as perguntas e respostas realizadas durante o webinar. Alguns comentários podem variar em relação ao que foi gravado no webinar.

Heron: Q:  Em relação ao Eva, custo real, não teria que abater os custos que ainda estão no almoxarifado ou os que ainda não entraram no almoxarifado?

Rogério Severo: R: Sim Heron, o custo real precisa ter bem avaliado, antes do início de uma obra, a forma como será analisado na Gestão de Custos para que se possa descontar o custo do estoque, que é aquele material comprado, que por vezes já se pagou e ainda não foi aplicado no processo de construção. Isso é algo que dificulta o uso de EVA em obras pois definir corretamente o valor do estoque é sempre algo de bastante complexidade.

 

Eriston Diego: Q:  em relação a esses planos, seria interessante trabalhar com algumas ações proativas para que nossa programação de atividades não tenha interferências e iniciem no prazo estimado? Essas ações seriam algumas atividades que não estão no cronograma, mas seriam de total importância, como por exemplo verificação de ferramentas e equipamentos antes do início de uma atividade

Rogério Severo: R: Perfeito Eriston, a etapa de eliminação de restrições, como no exemplo que deste de confirmar se temos as ferramentas e eqptos antes de iniciar uma atividade é realmente uma obrigação usando a filosofia de Lean Construction e é feita em uma reunião de médio prazo na obra, antes de podermos fazer o planejamento de curto prazo. Normalmente, se não conseguimos eliminar a(s) restrição(ções) não lançamos a atividade no planejamento semanal (PCP). Se, porventura realizamos a atividade na semana, essa tarefa é uma tarefa reserva a não entra no cálculo de produtividade (PPC) daquela semana, mas que ao final faz com que não percamos tempo para a próxima semana.

 

Heron: Q: aproximadamente, você tem o percentual de redução de custo, ou diminuição de retrabalho, que se alcança com GP,BIM e LEAN?

Rogério Severo: R: Heron, nós temos visto que o uso de GP + Lean reduz custos da ordem de 10% no valor das obras o que, pelo seu valor significativo de investimento em obras frente ao valor do custo de usar GP+Lean (da ordem de 2%) é retorno e economia garantido. Já em relação ao BIM a melhoria é evidente pois não gerará hora parada na execução, as vezes 1 ou 1,5 anos antes. Temos que lembrar que toda a hora parada no processo produtivo é uma hora com muitos recursos e um total desperdício gigantesco e que deve ser eliminada pelos gestores.

 

Prudente: Q:  Poderia exemplificar quais são os treinamentos previstos no planejamento que irão ocorrer no canteiro.

Rogério Severo: R: Prudente, um dos tipos de treinamentos possíveis de serem feitos é os ligados a segurança do trabalho. Fazer DDS (Diálogo Diário de Segurança) no inicio do dia em obras, e leia-se deve ser feito em obras públicos e privadas,

 

Adilson: Q: É possível implementar o BIM na Indústria ?

Rogério Severo: R: Adilson, já se usa em projeto de fabricas o uso de tecnologias PDMS que são muito superiores ao BIM e usados a muito tempo. A indústria também tem Facilitie Management também de forma muito madura para acompanhar a operação das indústrias em operação.

 

Prudente: Q: Com o trabalho que é realizado por você e sua equipe, qual é a nota que o cliente atribui a você?

Rogério Severo: R: Prudente, a nota do nosso cliente é a continuidade de atividade em outros projetos, desde que eles passam a participar de nosso portfólio. Atendendo desde a fase de orçamentos em seus diversos tipos (viabilidade, custos básicos, custos detalhados, implantação de custos em ERPs), passando para planejamento, implementação de lean, monitoramento & controle, gestão de mudanças, auditorias, reinvindicações & claims, puch list e em outras áreas das obras de nossos clientes é algo que buscamos sempre. Por isso, nossa empresa chegou aos 20 anos no mês passado.

 

Henrique Diniz: Q: Como as práticas de GP estão alinhadas a processo de comissionamento?

Rogério Severo: R: Estão totalmente alinhadas Henrique. Se não realizamos adequadamente as práticas de GP em um empreendimento e fábrica, certamente o comissionamento será realizado com grande dificuldade pois faltará documentação, data-book, manuais de eqptos, etc.

 

Gisele Gobetti: Q: você acha viável  uma capacitação especifica da mão de obra para leitura de projeto arquitetônico e complementares , isso evitaria retrabalho e agilizaria o entendimento do empreendimento?

Rogério Severo: R: Certamente Gisele. Entendo que é viável e totalmente necessário capacitar a equipe de produção na obra para que todos entendam corretamente a informação que as plantas (ou seja, os projetos de arquitetura e engenharia) carregam. Acredito também que em breve teremos algum dispositivo eletrônico que nos permita ver as plantas e todas suas disciplinas em um holograma 3D. O BIM é um dos passos que está nos levando para esse momento. Ainda não sei como vai ser esse dispositivo, mas desejo que esse dia chegue logo.

Veja o Webinar



Você conhece o PMIef, o braço filantrópico do PMI? 

Posted on Out 19st, 2016

Palestrante: Acilio Marinello


Realizado em: 19 de Outubro de 2016 sobre o tema: Você conhece o PMIef, o braço filantrópico do PMI?

Resumo da Oficina:

O PMIef, ou PMI Educational Foundation, é considerado formalmente o braço filantrópico do PMI. Nesse webinar, você conhecerá o que é o PMIef, os seus pilares de atuação, obterá detalhes dos recursos educacionais desenvolvidos pela Fundação e suas iniciativas, como o programa de bolsas de estudos e suporte financeiro a projetos sociais em todo o mundo.


Mini Currículo:

Acilio Marinello é Pensador Global na Practical Thinking, especialista em Projetos Sociais e Sustentáveis, e membro do Engagement Committee for PMI Communities do PMI Educational Foundation, sendo o único representante desse comitê para o Brasil.

Profissional com 15 anos de experiência em gerenciamento de projetos, antes de ingressar na Practical Thinking Group, Acilio Marinello exerceu papéis de liderança na Orbitall, Credicard, Itaú Unibanco, PMI São Paulo, Citibank e Barclays Bank, gerindo equipes no Brasil e exterior.

Tecnólogo em Qualidade pela Universidade Braz Cubas e Especialista em Gerenciamento de Projetos de TI pela Universidade de São Paulo, possui as certificações PMP (Project Management Professional) do Project Management Institute e CSPO (Certified Scrum Product Owner) da Scrum Alliance.

Participante de congressos internacionais e atividades profissionais realizadas em diversos países das Américas, África, Europa, Oriente Médio e Ásia.

Perguntas e Respostas:

Abaixo segue as perguntas e respostas realizadas durante o webinar. Alguns comentários podem variar em relação ao que foi gravado no webinar.

Mayra Mendes Silva: Q: Qual o tipo de certificação indicada para gerenciamento de projetos sociais?

Acilio Marinello: R: O PMI e o PMIef não possuem certificações específicas destinadas para reconhecer a expertise no gerenciamento de projetos sociais. O propósito é aplicar as boas práticas existente, inclusive as atestadas nas certificações atuais, em conjunto com a experiência profissional dos voluntários, para o fomento de iniciativas para o bem-social.

 

Mayra Mendes Silva: Q: Pra fazer parte do PMIef precisa estar filiada ao PMI?
Acilio Marinello: R: Não é necessário ser filiado ao PMI para utilizar os recursos educacionais e participar dos diversos programas mantidos pelo PMIef (Exemplo: bolsas de estudo, submissão de trabalhos aos prêmios existentes, submissão de projetos para solicitar aporte financeiro, entre outros). 
No entanto, eu incentivo fortemente que os interessados em se envolverem com iniciativas ligadas ao PMIef se envolvam sim com o seu Capítulo local do PMI. Certamente, o Capítulo poderá oferecer o suporte e orientação necessários para explorar ao máximo o potencial dos recursos disponibilizados pelo PMIef, além de proporcionar uma excelente oportunidade para contribuir com a comunidade de gerenciamento de projetos no local, ampliar o seu networking e aprimorar suas competências atuando como voluntário.

 

Camila Mamede 2: Q: Quando será liberado o livro Skill for life traduzido em portugues?
Acilio Marinello: R: O Skill for Life já está disponível em Português no site do PMIef (www.pmief.org). Para fazer o download, basta criar uma conta (o processo é bem simples e reforçando que não é necessário ser membro do PMI), aceitar os termos e condições e baixá-lo.

 

Marcelo Yanhez: Q: Si solicito una ayuda o beca puede ser otorgada a una persona ? o es necesario tener un proyecto
Acilio Marinello: R: Meu caríssimo amigo Marcelo Yanhez, da Bolívia, nos pergunta em espanhol: "Se solicito uma ajuda ou bolsa de estudo, ela pode ser concedida à uma pessoa? Ou é necessário ter um projeto?
As bolsas de estudo são concedidas sim diretamente às pessoas e qualquer pessoa pode se candidatar à uma bolsa de estudos oferecida pelo PMIef! O programa está bem detalhado na sessão "Scholarships" no site do PMIef (Obs.: conteúdo em Inglês). 
É pertinente salientar que além do processo de análise e aprovação do PMIef, na maioria dos casos, o candidato também precisa atender aos critérios de seleção e elegibilidade da entidade de ensino. Também é importante mencionar que a maioria das bolas de estudo custeia apenas o curso em si, despesas com locomoção, hospedagem e despesas pessoais, não são cobertas.

 

Wagner Borba: Q: Ações sociais voltadas ao tema "Gerenciamento de Projetos" que possam ser executadas pelos chapters locais precisam ser previamente submetidas a aprovação do PMIEF?
Acilio Marinello: R: As ações realizadas pelos Capítulos locais, que envolvem a aplicação dos recursos oferecidos pelo PMIef, não precisam ser submetidas à aprovação prévia. No entanto, é muito importante que o Capítulo nomeie um "PMIef Liaison, que dentre outras atribuições é a pessoa responsável no Capítulo em manter o elo de comunicação com o PMIef nos Estados Unidos, a fim que ele ou ela possa dar ciência a essas ações ao PMIef. No caso de ser necessário formalizar alguma ação, seja por qualquer razão, a equipe do PMIef nos Estados Unidos orientará o PMIef Liaison do Capítulo sobre como proceder. O meu papel no Engagement Committee for PMI Communities também é orientar o PMI Liaison nesse tipo de situação, sendo assim, também posso ser consultado a qualquer momento sobre as ações idealizadas ou em curso nos Capítulos.

 

PERGUNTA NÃO RESPONDIDA DURANTE O WEBINAR

 

Daniel Fernandes: Q: existe algum material já disponível para nos ajudar a fomentar a busca por empresas para serem mantenedorasa do Ef ?
Acilio Marinello: R: Um material formato para esse fim específico não existe, porém recomendo que utilizem o "annual report" do PMIef, no qual estão descritas detalhadamente as ações realizadas pela fundação no último ano (Exemplo: projetos, casos de sucesso, fonte e destinação dos recursos, entre outras informações), em conjunto com os demais materiais disponíveis no site da entidade. Esse conteúdo sustenta a seriedade, o propósito e os valores do PMI Educational Foundation, o que certamente pode contribuir para atrair o interesse de novos mantenedores.
O último "annual report" está disponível em http://pmief.org/about-us/news/2015-annual-report

 

Veja o Webinar


Métodos Ágeis Do Teórico e Filosófico Para a “Selva” Corporativa 

Posted on Set 06st, 2016

Palestrante: Vitor L. Massari




Realizado em: 06 de Setembro de 2016 sobre o tema: Métodos Ágeis: Do Teórico e Filosófico - Para a “Selva” Corporativa

Resumo da Oficina:

Planejando a transição da sua empresa para usar métodos ágeis

- Como organizar com Comitê responsável por conduzir o processo de transição

- Como traçar uma estratégia para montar um plano de transição

- Como adequar a estrutura atual da empresa para os papeis do métodos ágeis

Durante a transição

- Como migrar do sistema "empurrado" para o sistema "puxado"

- Que métodos de trabalho devem ser revistos

- A complexidade do ser humano e resistências

- Como disseminar o conhecimento dentro da empresa

Transição na Relação Cliente x Fornecedor

- Que cuidados devemos tomar em uma transição que envolve relações entre cliente x fornecedor?

- Como os papéis podem ser distribuídos?

- Como revisar os tipos de contratos já existentes?

Combinando Métodos Ágeis com modelos já existentes da empresa

- ITIL

- CMMI

- PMBOK

Mini Currículo:

Bacharel em Matemática pela Fundação Santo André. Atualmente é sócio-diretor e Agile Coach da Hiflex Consultoria. Ministra palestras, treinamentos e fornece consultoria de coaching e mentoring pelo Brasil afora, ajudando pessoas e grandes organizações a atingirem melhores resultados através do uso de métodos ágeis e soft-skills. Experiência de mais de 15 anos no uso e gerenciamento de métodos ágeis em projetos de grande porte voltados para os mercados de Tecnologia de Informação e Financeiro. Autor dos livros “Gerenciamento Ágil de Projetos”  e “Agile Scrum Master no Gerenciamento Avançado de Projetos”, ambos da editora Brasport. Também é colunista e blogueiro que acredita deve-se buscar o equilíbrio e inovação entre as várias metodologias, frameworks e boas práticas utilizadas no Gerenciamento de Projetos, muito mais que seguir cegamente modelos predeterminados. É um dos especialistas no assunto Gerenciamento Ágil no Brasil.

Veja o Webinar

PM Mind Map – A gestão descomplicada de projeto

Posted on May 11st, 2016

Palestrante: Paulo Mei 



Realizado em: 11 de Maio de 2016 sobre o tema: PM Mind Map – A gestão descomplicada de projeto

Resumo da Oficina:

Conheça o PM Mind Map®, o novo modelo visual para gestão de projetos que vai além da Iniciação e do Planejamento, agregando também em UMA página a Execução, o Monitoramento e o Controle, além de propiciar o Encerramento formal do projeto.

Você está cansado do excesso de burocracia e dos resultados ruins que as metodologias tradicionais estão lhe proporcionando? Então saiba porque simples é diferente de simplista e entenda como esse modelo visual pode tornar sua metodologia menos complicada e suas gestão de projetos mais eficiente.

Mini Currículo:

Consultor, instrutor e professor em gestão de projetos e portfólios, além de membro da diretoria do PMI de São Paulo atuando no Conselho de Governança. Graduado em Administração de Empresas com ênfase em finanças, MBA pela FAAP e mestrando em Empreendedorismo pela FEA/USP. Foi responsável nos últimos vinte anos por grandes projetos no Brasil e no exterior (projetos offshore) e pela implantação de Escri-tórios de Projetos para empresas de vários segmentos.

É autor dos livros Gerenciamento da Integração em Projetos (Elsevier; 2013) e PM Mind Map® - A gestão descomplicada de projetos (Brasport; 2015).

Veja o Webinar

Indicadores de Projetos e Indicadores de Gerenciamento de Projetos  

Posted on April 28st, 2016

Palestrante: Armando Terribili Filho

 


Realizado em: 27 de Abril de 2016 sobre o tema: Indicadores de Projetos e Indicadores de Gerenciamento de Projetos

Resumo da Oficina: 

Os indicadores de projeto medem os resultados e efetividade dos projetos; enquanto que, os Indicadores de Gerenciamento podem se transformar em ferramentas úteis para avaliação de progresso nos projetos, com utilização em qualquer etapa da execução ou ao seu final, como lição aprendida.

Há indicadores de monitoração que são padrões no mercado, por exemplo: CPI/TCPI e SPI/TSPI (respectivamente de custos e prazos) e outros propostos pelo palestrante, como: o indicador de satisfação do patrocinador (ISP), indicador de planejamento e de efetividade da comunicação (IPEC) e indicador de gestão de riscos (IGR). A avaliação periódica dos indicadores de gerenciamento permite identificar desvios e planejar ações corretivas/preventivas.

O cockpit (painel de controle) de indicadores de gerenciamento de projetos pode dar subsídios para o Escritório de Projetos (PMO) para identificar pontos de melhoria no gerenciamento dos projetos na organização.

Mini Currículo:
Pós-doutor em Metodologia de Gerenciamento de Projetos, doutor em Educação pela UNESP e mestre em Administração de Empresas. Professor da Universidade Positivo (Curitiba), ESIC (PR) e UNIVALI (Itajaí-SC). Certificado PMP desde 2003. Certificado nos EUA como Black Belt.

Autor de vários livros na área de Gerenciamento de Projetos e de artigos publicados na Revista Mundo Project Management. Tem publicações científicas nos EUA, Itália, Espanha, Portugal, Argentina, Chile, Colômbia, Costa Rica e México. Diretor da Impariamo Cursos e Consultoria (Curitiba). Foi professor titular da FAAP de São Paulo e teve atuação em multinacionais americanas e canadenses, tendo sido diretor de projetos da Unisys Brasil. 

Arquivo da Apresentação

Veja o Webinar

 

Gerenciamento de Riscos através do fluxo crítico do negócio da empresa 

Posted on Jan 25st, 2016

Palestrante: Antonio Carmelo




Realizado em: 25 de Janeiro de 2016 sobre o tema: Gerenciamento de Riscos através do fluxo crítico do negócio da empresa

Resumo da Oficina:

Realizar uma verificação nos processos da empresa visando alinhá-los e identificar o fluxo crítico do negócio, bem como identificar os principais produtos que precisam ser monitorados de forma eficaz a título de gerenciar seus riscos.

Mini Currículo:

Especialista em Engenharia de Segurança do Trabalho e Gestão da Manutenção, Graduado em Engenharia Elétrica modalidade Eletrônica, Técnico em Eletrotécnica, atuou na MCM Montagens Industriais como Gerente de Projetos por 12 anos e há 2 anos atua como Gerente da Qualidade. Professor da disciplina de Gerenciamento de Riscos do MBA de Gerenciamento de Projetos da Faculdade Guararapes.

Veja o Webinar



É melhor conversar sobre requisitos ou documentar requisitos? 

Posted on Dec 22st, 2015 

Palestrante: Ricardo Peters 



Realizado em: 21 de Dezembro de 2015 sobre o tema: É melhor conversar sobre requisitos ou documentar requisitos?

Resumo da Oficina:

Considerando a complexidade envolvida na elicitação de requisitos, o paradigma da documentação detalhada do que precisa ser entregue vem sendo posto à prova. Venha conhecer um pouco mais sobre User Stories e como utilizá-las adequadamente em seus projetos.

Mini Currículo:

Profundamente em sintonia na forma como equipes se adaptam, desenvolvem e colaboram entre si, Ricardo Peters se destaca como um facilitador quando o assunto é agilidade na prática, direto das trincheiras, ajudando equipes e líderes na transição para métodos ágeis através de sua experiência profissional de mais de 20 anos no mercado de TI, e de seu conhecimento em Agile, Scrum e Management 3.0. Tem atuado nos últimos anos em encurtar a distância entre a comunidade ágil e o PMI no Brasil através de sua participação voluntária como Diretor de Educação do PMI­-PE e do PMI­DF e, ainda, no evento Agile Brazil Edição 2013 e 2015.
Ricardo Peters é Gerente de Projetos para o centro de pesquisa mais inovador do Brasil, o CESAR (http://www.youtube.com/user/cesarRecife1) e facilitador na Peters Treinamentos (http://www.peterstreinamentos.com). É graduado em Comunicação Social, pós­graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e MBA em Gestão Empresarial. Possui as certificações PMP, Project Management Professional Certification e PMI­ACP, Agile Certified Practitioner.

Veja o Webinar

 

Você conhece o PMIef, o braço filantrópico do PMI? 

Posted on Out 19st, 2016

Palestrante: Acilio Marinello


Realizado em: 19 de Outubro de 2016 sobre o tema: Você conhece o PMIef, o braço filantrópico do PMI?

Resumo da Oficina:

O PMIef, ou PMI Educational Foundation, é considerado formalmente o braço filantrópico do PMI. Nesse webinar, você conhecerá o que é o PMIef, os seus pilares de atuação, obterá detalhes dos recursos educacionais desenvolvidos pela Fundação e suas iniciativas, como o programa de bolsas de estudos e suporte financeiro a projetos sociais em todo o mundo.

Mini Currículo:

Acilio Marinello é Pensador Global na Practical Thinking, especialista em Projetos

Sociais e Sustentáveis, e membro do Engagement Committee for PMI Communities do PMI Educational Foundation, sendo o único representante desse comitê para o Brasil.

Profissional com 15 anos de experiência em gerenciamento de projetos, antes de

ingressar na Practical Thinking Group, Acilio Marinello exerceu papéis de liderança na Orbitall, Credicard, Itaú Unibanco, PMI São Paulo, Citibank e Barclays Bank, gerindo equipes no Brasil e exterior.

Tecnólogo em Qualidade pela Universidade Braz Cubas e Especialista em

Gerenciamento de Projetos de TI pela Universidade de São Paulo, possui as

certificações PMP (Project Management Professional) do Project Management

Institute e CSPO (Certified Scrum Product Owner) da Scrum Alliance.

Participante de congressos internacionais e atividades profissionais realizadas em

diversos países das Américas, África, Europa, Oriente Médio e Ásia.

Veja o Webinar